Conduzidos pelo Amor - Tríduo Pascal - Domingo de Páscoa




É Páscoa , Jesus Cristo ressuscitou, verdadeiramente ressuscitou , Aleluia !
Hoje chegamos a fim do nosso programa Conduzidos pelo Amor, meditando a liturgia da palavra desse dia tão especial , podemos destacar três realidades da compreensão da morte e ressurreição de nosso senhor. A primeira é a necessidade de sermos testemunhas da ressurreição,anunciar a Pascoa do Senhor a todos. Uma segunda realidade é assumir uma vida nova, uma vida espiritual voltada para as coisas do alto. A terceira e última é que a nossa salvação é pura graça de Deus foi a mão do Senhor que fez esse obra grandiosa e nos devemos ter a Ele uma atitude de gratidão.
Feliz Páscoa !


Inscreva-se em nosso canal no Youtube e ative as notificações , para ser informado sobre novas postagens!


Curta nossa página no Facebook 

Siga-nos no Instagram - pequeno_rebanho

Conduzidos pelo Amor - Tríduo Pascal - Sábado Santo



Hoje um silêncio se faz na terra, pois o filho de Deus dorme, desceu a mansão dos mortos , para lá despertar aqueles que foram fieis. A Igreja se volta para a realidade do sepulcro vazio, o nosso Senhor não está ali, em  vigília ficamos aguardando a sua ressurreição. Hoje é o dia da grande celebração, uma missa mais longa com muitas leituras que nos fazem refletir a nossa história da salvação que tem o seu ponto mais importante na ressurreição de Jesus. 

Inscreva-se em nosso canal no Youtube e ative as notificações , para ser informado sobre novas postagens!


Curta nossa página no Facebook 

Siga-nos no Instagram - pequeno_rebanho

Conduzidos pelo Amor - Tríduo Pascal - Sexta Feira Santa



O amor nos conduz até a cruz. Hoje somos convidados a guardar um silencio em respeito à entrega de Jesus por nós, na liturgia faremos a adoração à santa cruz, beijando-a num gesto de amor, de contrição. Na narrativa do evangelho de hoje, vemos Jesus que sofrendo dores lancinantes, depois de toda a sua via dolorosa, já no madeiro da cruz tem mais uma atitude de amor, Ele nos dá Maria como mãe. Essa nossa mãe é aquela que nos ajuda a permanecer de pé diante dos sofrimentos.



Inscreva-se em nosso canal no Youtube e ative as notificações , para ser informado sobre novas postagens!


Curta nossa página no Facebook 

Siga-nos no Instagram - pequeno_rebanho


Conduzidos pelo Amor- Tríduo Pascal - Quinta Feira Santa






A liturgia hoje vai nos conduzir a viver a extremidade do amor de Deus por nós, amor esse que se dá de maneira plena na cruz. Meditamos sobre o lava pés, momento em  que O mestre e Senhor o nome acima de todo nome, se rebaixa, se diminui, toma o papel de servo e lava os pés dos seus discípulos, nos convidando também a fazermos isso uns aos outros. Jesus nos chama a amar de forma concreta, assumindo atitudes de serviço, de rebaixamento em direção ao próximo.


Inscreva-se em nosso canal no Youtube e ative as notificações , para ser informado sobre novas postagens!


Curta nossa página no Facebook 

Siga-nos no Instagram - pequeno_rebanho



Conduzidos pelo Amor - Domingo de Ramos





Hoje a liturgia nos revela que o povo de Jerusalém saúda Jesus como filho de Davi, como um  rei . Só que esse messias , esse rei, vem montado num jumentinho, Ele terá como coroa uma feita de espinhos e pela cruz nos salvará da escravidão do pecado. A liturgia de hoje também nos faz refletir sobre um povo que acolhe Jesus , mas que pouco tempo depois pedirá sua condenação , nós somos como esse povo as vezes acolhemos a Jesus e por vezes pela escolhas erradas que fazemos o rejeitamos. Preparemos nossos corações para a grande semana, para celebrações do tríduo nos preparemos para acolhermos o salvador e bem vivermos a sua Páscoa.  



Inscreva-se em nosso canal no Youtube e ative as notificações , para ser informado sobre novas postagens!

Curta nossa página no Facebook 

Siga-nos no Instagram - pequeno_rebanho

Conduzidos pelo Amor - Quinto Domingo da Quaresma





Nesse quinto domingo da queresma somos conduzidos para a paixão do senhor. No evangelho o senhor traz a imagem do grão de trigo , que tem que morrer para dar fruto . Jesus sabia do seu chamado, sua hora estava próxima, mesmo com a sua alma perturbada ele assume sua missão. Nós também temos um chamado , uma missão que Deus nos confia e mesmo diante das dificuldades, com o auxílio da graça divina devemos ir até o fim.

Inscreva-se em nosso canal no Youtube e ative as notificações , para receber e-mail informando sobre novas postagens!

Curta nossa página no Facebook 

Siga-nos no Instagram - pequeno_rebanho

O Bom Pastor


Resultado de imagem para bom pastor claudio pastro
Eis a cena que o evangelho nos apresenta, mais uma vez Jesus subiu a Jerusalém, narra o evangelista que havia em Jerusalém junto a porta das ovelhas um tanque com cinco pórticos e ali havia um grande número de enfermos, coxos e paralíticos que aguardavam o anjo do senhor movimentar a água desse tanque, porque assim quem primeiro entrasse seria curado. (Cf Jo 5 1-4).
Na sequencia desse evangelho podemos ver porque o bom pastor foi a essa porta das ovelhas. Havia ali um homem enfermo há 38 anos. Entendam, a expectativa de vida no tempo de Jesus era curta, podemos estimar em cerca de 40 anos, ou seja talvez esse homem passou a maior parte ou quase toda a sua vida até então enfermo. Sua possibilidade de cura estava ali nas águas daquela piscina, até ele ser encontrado por Jesus.
Jesus conhece o mais íntimo de nós e sabia do que aquele homem precisava, mas ainda lhe pergunta: Queres ficar curado?  O homem não responde a pergunta de Jesus, ele apenas relata os obstáculos que impedem de ser curado, como a falta de alguém que o leve ao tanque quando a água é agitada (Cf Jo 5 , 6-7). Jesus a essa resposta cura aquele homem.
            O senhor olha para as suas ovelhas, tal como ele olhou para aquele homem e no meio de tantos enfermos somente aquele foi escolhido. Assim é conosco, Jesus sabe do que vivemos e passamos das nossas esperas, no que tanto aguardamos às vezes uma vida inteira de paciência, mas em seu amor ele se aproxima de nós e nos pergunta se queremos ser curados. Entendamos que a nossa resposta a essa pergunta deve ser apenas sim, sejam lá quantos milhões de obstáculos existam nosso Deus é o Deus do impossível.
            Aquele homem tinha uma doença física, algo grave que foi curado, mas Jesus o adverte: “Eis que ficaste são; já não peques para não te acontecer coisa pior” (Jo 5, 14). Aqui nessa parte do evangelho vemos o que Jesus queria realmente curar naquele homem e em todos os homens: a alma. Os efeitos do pecado em nós, a nossa concupiscência aquilo que pode nos levar a condenação eterna, que é o pior que pode nos acontecer.
Essa passagem de hoje, vem nos motivar a permanecermos firmes, a esperarmos em Deus o bom pastor sabe do que precisamos, seu desejo é que estejamos um dia com ele no céu, renovemos a nossa fé no Deus que cuida do seu pequeno rebanho, ele é o mais interessado em nos salvar em nos conduzir para águas tranquilas e em verdes pastagens nos fazer repousar.
 

Conduzidos pelo Amor - Quarto Domingo da Quaresma





Estamos no quarto domingo da quaresma que é o domingo da alegria , onde vivemos uma alegria pela proximidade do júbilo da Pascoa. Pela reflexão do evangelho somos convidados a fixar o olhar em Jesus suspenso no madeiro da cruz. Ao contemplarmos essa cena somos chamados a olhar para nós mesmos , percebermos no que ainda vacilamos nessa caminhada de conversão e retomar com todo ânimo , pois nossos sacrifícios são nada perto do que o Senhor passou por nós.




Inscreva-se em nosso canal no Youtube e ative as notificações , para receber e-mail informando sobre novas postagens!

Curta nossa página no Facebook 

Siga-nos no Instagram - pequeno_rebanho

Conduzidos pelo Amor - Terceiro Domingo da Quaresma




No Evangelho desse terceiro domingo da Quaresma ( Jo 2, 13-25), nosso senhor vem nos lembrar da nossa caminhada quaresmal. Logo no primeiro versículo do evangelho, temos a informação que Jesus subiu a Jerusalém, local em que por diversas vezes nos relatos evangélicos vemos Ele se dirigir, lugar onde viverá sua paixão e morte, passará por tudo isso para nos salvar. Jesus nos ensina a não perdemos o foco, caminhamos com Ele no deserto, subiremos a Jerusalém, viveremos sua paixão e morte e venceremos com Ele na Páscoa.
Nos versículos seguintes temos a cena em que Jesus expulsa os vendilhões do templo, agindo com violência. Jesus nos mostra que a casa de Deus não é local de comércio. Nós somos casa de Deus e por isso não podemos, abrir brechas para o que é profano e sim precisamos agir com violência, com firmeza ,expulsando os vendilhões que estejam em nosso templo.


Inscreva-se em nosso canal no Youtube e ative as notificações , para receber e-mail informando sobre novas postagens!

Curta nossa página no Facebook 

Siga-nos no Instagram - pequeno_rebanho


   

Conduzidos pelo Amor - Segundo Domingo da Quaresma





No segundo domingo da quaresma a liturgia da palavra nos traz o exemplo de Abrãao  de sua obediência. Deus lhe pede Isaac, o filho da promessa, em sacrifício. Abrãao não nega, pronto estava para obedecer esse pedido, porém Deus intervém no momento derradeiro impedindo esse holocausto, providenciando o cordeiro a ser imolado. Esse grande gesto de obediência de Abrãao é fruto de uma vida de renúncia, tiveram momentos em que ele fez pequenas renuncias: saiu de sua terra ( Gn 12, 1), teve que fazer Sara se passar por sua irmã ( Gn 12, 10-20), expulsou seu filho Ismael ( Gn 21, 9-21) . O exemplo de Abrãao nos ensina que para chegarmos a grandes respostas de obediência precisamos passar pelas pequenas renúncias. O sacrifício de Isaac é uma prefiguração de Jesus, daquilo que viveremos na sexta feira da paixão, o filho de Abrãao foi poupado mas Deus não poupa seu filho amado da cruz, que morre por amor a nós para nos salvar. 


Inscreva-se em nosso canal no Youtube e ative as notificações , para receber e-mail informando sobre novas postagens!

Curta nossa página no Facebook 

Siga-nos no Instagram - pequeno_rebanho